O que você está procurando na
    cidade de Peruíbe?

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

Obrigado! Sua solicitação foi entregue com sucesso!

Oops! Algo deu errado no envio da solicitação...

TOP
title=
UNINTER
title=
Anuncie
Automaton
gaz
title=
title=
recomendados
A

title=

Anacleto's

title=

Chaveiro

https://guiaperuibe.net.br/oticasix

title=

INFORMATIVO

Gostaria de Receber?

** Cupom Desconto **
*** Promoções ***
*** Novidades ***

do Guia Peruíbe em seu e-mail?

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

NOTÍCIAS: Peruíbe-SP
Governo de SP cancela quase R$ 227 milhões em convênios na Saúde para a Baixada Santista
 
foto Notícia Peruíbe
 
05/02/2019 -

O Governo do estado de São Paulo cancelou R$ 226.967.186 em convênios para a Baixada Santista, na área da Saúde. O ato foi publicado na edição desta sexta-feira (1) do Diário Oficial do governo do estado. Santos, São Vicente, Praia Grande e Peruíbe foram afetadas pela decisão.


No decreto, o secretário da pasta, José Henrique Germann Ferreira, alegou a "necessidade de racionalização e otimização dos recursos públicos disponíveis, para maior eficiência na execução de políticas públicas, programa e ações de governo, com qualificação do gasto público, bem como as restrições orçamentárias e financeiras impostas pela legislação em vigor e a atual conjuntura econômica".


A Secretaria de Estado da Saúde informou que realizou estudo detalhado de convênios firmados durante a gestão anterior e identificou que o limite orçamentário para pagamento em 2019 não foi respeitado. Ou seja, os repasses prometidos pela administração antecessora foram feitos sem qualquer garantia financeira, por isso foram cancelados pelo atual governo. A medida também inclui acordos que já tiveram pagamentos iniciais liberados pela administração anterior.


A pasta ressaltou que está foi a terceira vez, em pouco mais de um mês de trabalho, que "a atual gestão é obrigada a tomar medidas responsáveis em relação a convênios firmados no apagar das luzes, sem previsão orçamentária ou fonte de recursos prevista". Além disso, em nota, a Secretaria garante que a responsabilidade no uso do dinheiro público pauta todas as ações do atual governo, que "jamais cede a partidarismos ou critérios subjetivos".


Todos os acordos cancelados serão revistos de forma estritamente técnica pela Secretaria da Saúde e, posteriormente, rediscutidos sob total transparência com as prefeituras e de acordo com a realidade orçamentária do Estado O governo do estado de São Paulo também disse que "prioriza as necessidades reais da população, ao invés de criar ilusões que atendam apenas a interesses políticos e eleitoreiros sem que haja dinheiro em caixa para cumprir acordos firmados em meio a campanhas eleitorais".


Os convênios foram cancelados em razão da ausência de prévia reserva de recursos orçamentários e financeiros. Já os convênios contemplados com transferência parcial de recursos, deverão ter sua execução interrompida por parte dos conveniados, com obrigação de imediata prestação de contas e restituição dos recursos ainda não utilizados na consecução do objeto.


São Vicente foi a cidade mais atingida pela decisão do governo de São Paulo. Foram quatro convênios cancelados, em um total de R$ 126.863.339,00. Na sequência aparece Santos, com apenas um convênio, no valor de R$ 99.753.847,00. Já Peruíbe, teve dois convênios cancelados, num total de R$ 300 mil. Praia Grande tinha um convênio na lista publicada no Diário Oficial, no valor de R$ 50 mil.


Foram quatro convênios cancelados em São Vicente. O primeiro havia sido firmado em 7 de julho de 2018 e visava a aquisição de insumos e acessorios hospitalar, e a prestação de serviço de gestão complementar de terceiros. A verba total era de R$ 22.474.000,00, tendo sido cancelados R$ 19.830.000,00. A verba era oriunda do Fundo Estadual de Saúde e o convênio tinha vigência até 31 de dezembro de 2019.


O segundo convênio foi firmado em 5 de julho e seria destinado a reforma e ampliação do Pronto Socorro do Município de São Vicente, reforma e ampliação do Hospital Municipal de São Vicente e aquisição de equipamentos das duas unidades. Ele previa o investimento de R$ 42 milhões, tendo sido bloqueados pelo governo estadual R$ 39.833.339,00. O dinheiro viria do Fundo Estadual de Saúde e o contrato era vigente até 31 de dezembro de 2019.


O terceiro acordo era o de maior valor. Firmado em 11 de dezembro de 2018, ele destinava R$ 65 milhões ao custeio da gestão de serviços de saúde no Hospital Municipal de São Vicente. O governo do estado de São Paulo cancelou o envio dos R$ 60 milhões restantes previstos no convênio, que tinha verba oriunda do Fundo Estadual de Saúde e contrato vigente até 31 de dezembro de 2019.


Já o último, também firmado em 11 de dezembro do ano passado, previa mais R$ 7,8 milhões para o custeio da gestão de serviços de saúde no Hospital Dr. Olavo Hourneaux de Moura, no Humaitá. Desse total, R$ 7,2 milhões foram bloqueados. O dinheiro viria do Fundo Estadual de Saúde, em contrato vigente até 31 de dezembro de 2019.


A Prefeitura de São Vicente informou que todos os contratos e convênios, assim como as questões orçamentárias, foram respeitados e feitos dentro da legalidade. Todos eles têm planos de trabalhos apresentados, aprovados e a publicação necessária. A administração municipal irá buscar o diálogo com o governador e a Casa Civil, mas não descarta, se necessário, tomar as providências cabíveis para garantir os direitos de cada um dos cidadãos vicentinos.


Como presidente do Condesb, o chefe do Executivo vicentino, Pedro Gouvêa (MDB), entende que os prefeitos da Baixada Santista precisam se unir para garantir o respeito com a Região.


O único convênio na saúde cancelado entre o governo do estado de São Paulo e a Prefeitura de Santos era no valor de R$ 113,7 milhões e era destinado ao custeio do Hospital dos Estivadores, garantindo o funcionamento completo da unidade em 2019. Foram retidos R$ 99.753.847 deste valor. O dinheiro era oriundo do Fundo Estadual de Saúde. O acordo, firmado em 11 de dezembro de 2018, tinha vigência até 31 de dezembro de 2019.


Questionada, a Prefeitura de Santos informou que o tema será discutido entre o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), o secretário de Saúde de Santos, Fábio Ferraz e o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann Ferreira, em reunião na próxima terça (5), 11h, em São Paulo.


Em Peruíbe foram dois convênios cancelados. O primeiro, no valor de R$ 100 mil, objetivava a aquisição de um veículo. O recurso viria por meio de uma emenda do deputado estadual Cássio Navarro (PSDB). O convênio foi bloqueado na sua totalidade. Os recursos viriam do Fundo Estadual de Saúde e com contrato vigente até 31 de dezembro de 2018.


Já o segundo convênio, também vindo por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Paulo Correa Jr. (Patriotas), destinava R$ 200 mil para o custeio na prestação de serviços médicos. Toda a verba bloqueada viria do Fundo Estadual de Saúde e tinha vigência até 31 de dezembro de 2018.


Praia Grande teve um convênio cancelado com o Governo do estado de São Paulo na área da Saúde. A verba, no valor de R$ 50 mil, era oriunda de uma emenda de Cássio Navarro e destinava o dinheiro para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do municipio. O dinheiro viria do Fundo Estadual de Saúde e tinha vigência até 31 de dezembro de 2019.

 
Autor/Fonte: A Tribuna on line
 
Voltar
COMPARTILHE PARA TODOS

carro | veterinário | skate | faculdade | pizza | academia | casamento | emprego | emergencia | auto | restaurantes | naturais | chaves | atendimento | perfumes | auxiliar | adm | jantar | chave | camara | hotel | joias | mercado | chaveiro | ração | mz | imoveis | pizzaria | anacletos | uninter | carros | tele | supermercados | cães | ca | consultor | nathaly | ead | policia | cão | | bolos | fe | restaurante | comercio | relogios | maranatha | bike | diversos | pet |

DESTAQUES
Suíte
 
William
 
title=
 
Dr
 
title=
 
Apoio
ACEP
 
Facebook
 
CUPOM DESCONTO
GUIA SHOP ONLINE
AVALIAÇÕES
BAIXAR APP
mais cidades online

Angra dos Reis-RJ | Aracaju-SE | Batatais-SP | Bebedouro-SP | Campinas-SP | CAMPO GRANDE-MS | Campos Jordão-SP | Cerejeiras-RO | CURITIBA-PR | Duque de Caxias-RJ | Guarapuava-PR | Guariba-SP | Ijuí-RS | Ilha Comprida-SP | Itabirito-MG | Jaboticabal-SP | Londrina-PR | Magé-RJ | MANAUS-AM | Mariana-MG | Matão-SP | Mirassol-SP | Monte Alto-SP | Nova Lima-MG | Ouro Preto-MG | PALMAS-TO | Paulista-PE | Peruíbe-SP | Piracicaba-SP | Pirassununga-SP | Posse-GO | Praia Grande-SP | Ribeirão Preto-SP | Rio Claro-SP | Rio de Janeiro (Tijuca)-RJ | SALVADOR-BA | Santa Maria-RS | Santos Dumont-MG | São Bernardo Campo-SP | São Borja-RS | São João Paraíso-MG | São José Campos-SP | São José da Lapa-MG | São Paulo (Penha)-SP | São Pedro-SP | Sertãozinho-SP | Sete Lagoas-MG | Sobral-CE | Sumaré-SP | Tangará da Serra-MT | Tramandaí-RS | Tupã-SP | Uruguaiana-RS | Vale do Ribeira-SP | Varginha-MG | Vila Velha-ES | Vilhena-RO | Votuporanga-SP |

GUIA CIDADE ONLINE - FRANQUIA UNIDADE: Peruíbe-SP
COPYRIGHT© 2006 - GUIA CIDADE ONLINE - WWW.GUIACIDADEONLINE.COM.BR - ALL RIGHTS RESERVED
 DEVELOPED BY GWS ONLINE - WWW.GWSONLINE.COM.BR